Torta de Legumes

 

Nós temos uma tia que está pedindo há 20 mil anos essa receita, mas por um motivo ou outro, a gente sempre acaba adiando.

Agora nesse início de ano, que todo mundo tem mil e uma resoluções para tentar cumprir – e uma delas sempre é relacionada a comidas mais leves depois das comilanças de fim de ano – essa torta de legumes cai super bem. É uma receita bem digna e versátil, porque se é inverno, a torta é quente… e se é verão, ela pode ser fria, além de ser leve!

Então é um prato bem curinga que tem grandes chances de ser sucesso, nem que seja só com você mesmo, como foi o meu caso…essa vida de morar sozinho nem sempre tem espectadores para as comidas.

A única coisa que pode realmente dar problema com essa torta é se você está procurando uma comida consistente que enche…. aí realmente é melhor tentar outra coisa…ou tentar coloca uns legumes mais consistentes nela!

torta_legumes_receita

Receita Torta de Legumes

Ingredientes

  • 4 tomates médios em rodelas
  • 1 pimentão verde pequeno cortado em tiras
  • 1 pimentão vermelho pequeno cortado em tiras
  • 5 cogumelos frescos picados
  • 1 cebola média em rodelas
  • 4 cubos de polenghinho picados
  • ervas finas ou orégano a gosto
  • pimenta do reino a gosto
  • 1 massa folheada pronta

Modo de preparo

Passo 1.
Estenda a massa folheada numa assadeira (normalmente tem as instruções na embalagem da massa, mas eu deixo o papel manteiga embaixo para não grudar). Deixe sempre uma bordinha dobrada nos cantos.
Passo 2.
Fure a massa com um garfo.
Passo 3.
Coloque os ingredienetes, começando pelos tomates, depois os pimentões e espalhar bem os demais por cima, finalizando com o orégano e a pimenta do reino.
Passo 4.
Assar em forno médio por 30 minutos ou até os legumes estarem cozidos e a massa dourada.

 

Fotos: Camila Sevalho
Tipografia: Alejandro Akira
Camila

Sobre a Camila

Sou a prima do grupo e hoje me aventuro na Inglaterra. Como de tudo, menos milho (por conta de uma alergia). Sempre vou pedir o prato mais estranho que tiver num cardápio. Tenho paixão por comidas típicas, principalmente as de rua (sou rato de feiras). Adoro inventar moda na cozinha com o que tiver na geladeira (estilo "se vira nos 30"). Acredito que não existe comida ruim, mas sabores aos quais não estamos habituados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>