O Pão e o Levain

 

“Levain” é o fermento vivo!

Essa levedura (Saccharomyces cerevisiae) atua como agente de crescimento e sabor, de forma isolada ou associada a outros microrganismos, como bactérias lácticas.

O Levain consiste basicamente em uma massa obtida pela mistura de farinha e água.

Quem é dono dessa façanha aqui em casa é o Akira, que está mergulhando no mundo do pão de fermentação natural. Toda semana sai pão, e cada vez com alguma mudança de complemento, ingrediente, teste de forno, ponto da massa ou tempo de sova.

Quando vem aquele cheirinho de pão fresco é uma distração imensa quando estou focada trabalhando na sala. Eu, que nunca fui de pão, me entreguei.

Traços desse experimento diz que um bom pão faz bem para todos. Essa história de intolerância e celíaco vem dos tempos modernos, quando o pão se tornou presente e constante dia e noite, todo dia. O processo de fazer um pão de fermentação natural recorre aos métodos originais da panificação, desde a criação do levain até a escolha da farinha e descanso da massa.

“Uma fermentação longa é muito vantajosa, pois durante o processo, os “músculos” do pão, conhecidos como glúten, amolecem, até se tornarem aminoácidos que são mais facilmente digeridos pelo corpo. O nosso processo de fermentação dá um sabor especial ao pão e auxilia na quebra de açúcares e amidos, resultando em pães rústicos com maior teor de vitaminas e minerais, e menor teor de carboidratos.” (retirado aqui)

O processo industrial de fabricação de pães veio facilitar a vida de muitas padarias, coisa boa ter pão fresco a toda hora. Mas o que não se esperava é que com essa “facilidade” vieram também o preparo das farinhas com produtos químicos, o fermento biológico que acelera o crescimento da massa ainda não preparada para nossa digestão. E com tudo isso veio também as intolerâncias e a história de que pão engorda. Pois comer pão, engorda, não?

Não necessariamente. Apesar de que em grandes quantidades tudo possa engordar, a farinha boa, orgânica, ou ainda, recém moída, não engorda, ela é nutritiva!

Uma farinha boa é feita de grãos de trigo moídos, que contém muitos nutrientes, vitaminas.

Então, me convenci de que o pão de levedura, ou em francês, mais comumente chamado pela internet de “pain au levain” é uma alternativa mais saudável quando comparado ao pão convencional.

Recomendadíssimo por aqui e um bem-vindo café da manhã.

Talvez a Camila, que está na França, o país do pão, deveria ter escrito essa postagem… ;)

Diz ai Camis, qual sua opinião para o pão francês?

Referências:

“Pão nosso de cada dia”, Luis Américo Camargo: http://www.livrariacultura.com.br/p/pao-nosso-42152479
Le pain Quotidien: http://www.lepainquotidien.com.br/nosso-pao/#.Vzuxp2bNpTU
Blog Utensilios: https://blogutensilios.com.br/2014/12/03/pao-com-fermento-natural-minha-aventura-com-levain/

Lucilia Diniz: https://luciliadiniz.com/de-volta-ao-natural/

Carol

Sobre a Carol

Sou a irmã do meio entre a Mari e a Helena, e prima da Camila. Uso a criatividade tanto na cozinha quanto na minha profissão de Designer e Fotógrafa. Prefiro preparar comidas simples (como mousse de maracujá), saudáveis (qualquer coisa que vá legumes) e rápidas (como wraps) e em eventos sempre levo a sobremesa. Sou uma entusiasta na cozinha!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>